Notícias

Quarta, 04 Dezembro 2019

Chamamento Público: Prefeitura contrata 40 novos médicos para reforçar rede básica de Salvador

Outros 12 novos profissionais devem compor as equipes dos postos de saúde ainda esse ano

A Prefeitura de Salvador segue empenhando esforços para sanar o déficit de médicos da rede de atenção básica da capital. Nos últimos 30 dias, 40 médicos assinaram o contrato com a administração por meio do Chamamento Público e já estão atuando nos postos de saúde da cidade. Ainda em dezembro, outros 12 novos profissionais habilitados contratados na modalidade Pessoa Jurídica (PJ) estarão atuando nas unidades do município.

Somente este ano, a Secretaria Municipal da Saúde convocou 288 médicos tanto por concurso, Chamamento Público e Reda, além de outros 33 que foram incorporados através da residência médica. Apesar do empenho da gestão para contratação dos profissionais, a rede básica da capital ainda apresenta um déficit de 60 médicos, atualmente. O secretário da pasta, Leo Prates, demonstra otimismo para solução do problema e dar continuidade ao trabalho de expansão da rede primária.

“Estamos trabalhando em diversas linhas de atuação com o foco de acabar com o déficit de médicos na nossa rede. As convocações dos aprovados no concurso público estão acontecendo de forma acelerada, juntamente com as contratações via Pessoa Jurídica. Também lançamos uma portaria para habilitar instituições de ensino superior para residência médica e ano que vem teremos pelo menos mais 38 novas vagas asseguradas por meio da incorporação dos convênios com a FTC [14 vagas] e Fundação Estatal Saúde da Família [24 vagas]. Isso são provas do nosso esforço diário para avançar principalmente na atenção básica, cuja meta é chegar ao final do ano com 60% de cobertura”, afirmou.

Salvador deflagrou a maior expansão da história em cobertura de atenção básica, saindo de 18% (dezembro/2012) para quase 50% dos soteropolitanos assistidos pela estratégia de atenção básica nos últimos sete anos. Isso colocou a cidade como a nona capital do país com maior número de equipes de saúde da família implantadas, saltando de 104 para 214 equipes completas atuando nos postos de saúde do município.

Todo esse trabalho que coloca Salvador como a capital que mais avançou na estruturação da saúde básica entre as capitais brasileiras nos últimos anos, só foi possível graças reogarnização da rede com a construção/requalificação de 239 unidades, aliada a convocação de mais de 5 mil profissionais de saúde para atuação nesses postos.

Deixe um comentário

Faça login para poder comentar. Login opcional abaixo.

Facebook

Twitter

Boletim Informativo

*Campos Obrigatórios

Instagram