Notícias

Sexta, 31 Maio 2019

Crianças e adolescentes assistidos pelos CRAS recebem oportunidade no Esporte Clube Vitória

Durante a visita ao complexo do Esporte Clube Vitória (ECV), Leo Prates destacou a amplitude da iniciativa.

Foto: Maurícia da Matta/EC Vitória)

Crianças e adolescentes de seis a 17 anos, assistidos pelos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) de Salvador, vinculados à Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), recebem a oportunidade de transformação de suas realidades através do esporte, por meio do Projeto Vitória Cidadania, do ECV. Para fortalecer a parceria, que atende cerca de cem jovens, o secretário titular da pasta, Leo Prates, esteve nas dependências do clube nesta semana, onde conheceu de perto a iniciativa.

O Projeto foi iniciado em outubro de 2016, por meio de uma parceria entre a Prefeitura Municipal de Salvador, através da Sempre, visando o encaminhamento de 100 crianças, de seis a 17 anos, em situação de risco e vulnerabilidade social para o projeto, idealizado pela multicampeã de futvôlei Many Gleize, com o intuito de ajudar a transformar a vida de crianças carentes da região em torno do Barradão, como é conhecido o Estádio Manuel Barradas.

As aulas acontecem nos turnos matutino e vespertino, e são doados às crianças uniforme completo, bola, lanche, material esportivo e tênis, para serem utilizados nos treinos. São disponibilizados professores para quatro modalidades de esportes, além de transporte enquanto estão no complexo. Cerca de 500 crianças e adolescentes já tiveram suas vidas transformadas desde o início do projeto.

Durante a visita ao complexo do Esporte Clube Vitória (ECV), Leo Prates destacou a amplitude da iniciativa, e afirmou que pretende fortalecer e ampliar a parceria entre os Cras e o ECV. “Vim aqui para conhecer e fortalecer essa parceria de extrema importância para as nossas crianças que são acompanhas pelo CRAS. Além dá oportunidade de praticarem esportes, e não ficarem vulneráveis ao mundo das drogas, elas, também, podem se divertir, aprender a ter uma boa relação familiar, além do incentivo aos estudos”, explicou Prates, acrescentando que “projetos como estes, em direção às nossas crianças, ou seja, ao futuro da nossa sociedade, serão SEMPRE abraçados e fortalecidos”.

Deixe um comentário

Faça login para poder comentar. Login opcional abaixo.

Facebook

Twitter

Boletim Informativo

*Campos Obrigatórios

Instagram