Notícias

Quinta, 17 Outubro 2019

Outubro Rosa promove ações de prevenção ao câncer de mama no Bairro da Paz

Em Cajazeiras, no dia 22 de outubro, as atividades se concentrarão na Escola Municipal de Cajazeiras 11

Outubro Rosa promove ações de prevenção ao câncer de mama no Bairro da Paz

O Bairro da Paz recebeu ações de prevenção e detecção precoce do câncer de mama e do colo do útero, nesta quarta-feira (16), no Centro Municipal de Educação Infantil Almir Oliveira. A iniciativa é realizada pela Prefeitura, através das secretarias municipais de Saúde (SMS) e de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude (SPMJ), e engloba também o encaminhamento de pacientes para a realização de exames clínicos das mamas, do teste de Papanicolau e de mamografias. O próximo encontro será realizado no Centro Municipal de Educação Infantil Almir Oliveira, em Mussurunga I.

A comunidade assistiu a palestras sobre “Influência da Tecnologia na Infância” e “Violência Contra a Mulher” nos mais variados tipos, abordando a descoberta e a importância do autoexame até o tratamento. Além disso, foram realizados testes rápidos para detectar quatro tipos de doenças sexualmente transmissíveis: sífilis, HIV e hepatites B e C.

A moradora Márcia Santos, de 38 anos, ressaltou que os conhecimentos adquiridos através da campanha servirão para cuidar melhor da saúde. "Vou poder passar esse conhecimento para outras mulheres e ajudar elas também. Além disso, foi importante aprender sobre violência contra a mulher", afirmou.

“Precisamos levar a conscientização sobre a prevenção do câncer de mama e de colo de útero a todas essas mulheres, principalmente das comunidades carentes de Salvador. Prevenir é sempre o melhor caminho para combater os grandes índices da doença e garantir a proteção desse público”, pontuou a titular da SPMJ, Rogéria Santos.

Violência contra a mulher – Além da prevenção ao câncer de mama, as mulheres também tiveram orientações sobre como proceder em casos de violência. "O objetivo maior do evento é proporcionar às mulheres o acesso a direitos de forma intersetorial. Então, a proposta também foi falar sobre violência contra a mulher e, em especial, a violência sexual”, contou Camila Caldas, psicóloga do Centro de Referência de Assistência Social (Cras).

Ela lembra ainda que muitos companheiros impedem as mulheres de irem ao médico se tratar, para que não percebam os traços de violência e ,também, porque a maioria das famílias não faz planejamento familiar. “Serviços como o do Cras e do posto de saúde, por exemplo, são essenciais para proporcionar conhecimento ao público", completou Camila.

Próximas ações – Em Cajazeiras, no dia 22 de outubro, as atividades se concentrarão na Escola Municipal de Cajazeiras 11, na Avenida Jornalista José Curvello. No dia 29, a campanha prossegue no Engenho Velho de Brotas, na Associação Comunitária Santa Luzia, situada na Rua Padre Luiz Figueira, 133. Por fim, a iniciativa aporta em Pernambués no dia 30, na Escola Municipal de Pernambués, na Avenida São Paulo, s/n. Em todas as ocasiões, as atividades serão realizadas das 13h às 17h.

Deixe um comentário

Faça login para poder comentar. Login opcional abaixo.

Facebook

Twitter

Boletim Informativo

*Campos Obrigatórios

Instagram