Notícias

Quarta, 03 Abril 2019

Pessoas em situação de rua serão beneficiadas com diversas ações da gestão municipal de Salvador

Outra iniciativa da Secretaria para as pessoas em vulnerabilidade social é o Prato Amigo Itinerante

Pessoas em situação de rua serão beneficiadas com diversas ações da gestão municipal de Salvador

As pessoas em situação de rua contarão com um espaço voltado para elas na capital baiana. A Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza irá concentrar diversos serviços para esse público em um único lugar. O local ainda está sendo escolhido, mas deve ser no Centro de Salvador e deve se chamar NOAR.

Os mais de 4500 moradores de rua poderão, por exemplo, receber aluguel social, fazer cursos de qualificação e participar de comunidades terapêuticas nesse espaço que será criado até agosto deste ano. “Ainda estamos identificando o imóvel, mas a ideia é ser um centro com acesso fácil e que agregue todos os serviços municipais para pessoas em situação de rua. O nosso objetivo é amenizar o sofrimento delas. Muitas vêm de diversas cidades da Bahia em busca de uma condição de vida melhor na capital, mas acabam passando a morar na rua”, contou o secretário municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza, Leo Prates (DEM).

Para entender um pouco mais sobre essas pessoas, a prefeitura pretende realizar um Censo ainda este ano. Outra novidade é que a gestão municipal pretende solicitar que as suas empresas prestadoras de serviço criem cotas para os moradores de rua que forem qualificados pelos cursos oferecidos no NOAR. Com isso, eles teriam a oportunidade de voltar ou de entrar no mercado de trabalho.

Outra iniciativa da Secretaria para as pessoas em vulnerabilidade social é o Prato Amigo Itinerante. A iniciativa tem como objetivo contribuir para a política de combate à fome. Será um foodtruck que rodará a cidade oferecendo, por dia, 300 refeições a R$ 1 cada.

“Foi uma sugestão da vereadora Ireuda Silva e o prefeito ACM Neto aprovou. Estamos no processo para lançar as licitações para o aluguel do foodtruck. Iremos aos cantos mais pobres e longínquos da cidade para oferecer comida de qualidade para quem mais precisa. A ideia seria semanalmente mexer esse restaurante popular pelos bairros mais pobres”, explicou Leo Prates. Outra opção será também colocar o Prato Amigo Itinerante para acompanhar mutirões de saúde e chegar ainda a mais pessoas.

Por: Márcia Guimarães/ Bocão News

Deixe um comentário

Faça login para poder comentar. Login opcional abaixo.

Facebook

Twitter

Boletim Informativo

*Campos Obrigatórios

Instagram