Notícias

Segunda, 20 Novembro 2017

Prates homenageia presidente do Crea homenageado na Câmara

Prates homenageia presidente do Crea homenageado na Câmara

O presidente da Câmara Municipal de Salvador, Leo Prates (DEM), entregou, na noite desta segunda-feira (20), em sessão solene no Plenário Cosme de Farias, o Título de Cidadão de Salvador ao presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia da Bahia (Crea) por quatro mandatos, o carioca Marco Antonio Amigo. Ao justificar a honraria, Prates, que é engenheiro, frisou que o homenageado marcou suas gestões à frente do sistema Confeas/Crea com grandes realizações e avanços para a classe.

“Marco Antonio Amigo fez e faz por merecer o reconhecimento oficial de filho desta terra, pelos inestimáveis serviços prestados à nossa cidade. Ele carrega o nome de um imperador romano e tem como sobrenome uma característica atestada por quem lhe conhece: Amigo. Assim como seu xará da Antiguidade, esse novo cidadão de Salvador tem se notabilizado na vida pela sua natureza guerreira e capacidade de liderança, que nunca estão dissociadas do profundo sentimento de amizade que nutre por aqueles com os quais convive. Nome e sobrenome forjam a personalidade desse engenheiro mecânico, que traz no DNA o sentimento da fraternidade e solidariedade inscrita em seu sobrenome, que é a identificação de sua família”, declarou Leo Prates.

Prates identificou o presidente do Crea como uma das pessoas mais leais e corretas que conheceu na vida pública e relembrou várias lutas travadas em parceria, em benefício da engenharia e da capital baiana. Como exemplos citou o esforço pela valorização dos profissionais atuantes na Prefeitura de Salvador e o processo de construção do Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU).

Raízes

Após ser condecorado com o Título de Cidadão de Salvador Marco Antonio Amigo agradeceu à Câmara pelo reconhecimento do seu trabalho, nos quase 37 anos de convívio na capital baiana: “Trabalhei a maior parte da minha vida nesta terra e construí raízes aqui. Tenho um profundo apreço por esta cidade que me acolheu e me ajudou a crescer como pessoa e profissional”.

No discurso ele reconheceu que não está sendo tarefa fácil conduzir o Crea “num momento de crise política e econômica da magnitude da que estamos vivendo”. Mas se disse convencido de que a instituição “continuará contribuindo para o desenvolvimento da Bahia e do Brasil, não só pelo esforço diário de empresas e profissionais registrados, mas também pelo compromisso do Crea com o desenvolvimento sustentável”.

Entre os problemas enfrentados pelo segmento Marco Antonio Amigo fez questão de destacar a crise da engenharia: “Trago uma visão crítica quanto ao tema. Sem empresas brasileiras capacitadas e saneadas, não haverá futuro algum. A sobrevivência de um país está direta e proporcionalmente ligada à sua capacidade de gerar conhecimento e levá-lo à sociedade através de suas empresas. A destruição das empresas brasileiras não nos leva na direção do desenvolvimento, mas no sentido contrário”.

Compuseram a mesa da sessão solene o superintendente do Ibama, geólogo Fábio Rodamilans; a diretora da Escola Politécnica, Tatiana Dumet; o presidente da Associação Baiana de Engenharia de Segurança, Sílvio Costa Santos; o diretor da Caixa de Assistência aos Profissionais do Sistema Confea/Crea, Paulo Guimarães; a presidente da Unijunio, Alana Antunes; e o coordenador-geral do Crea Jr. Bahia, Fábio Leão.
O homenageado foi conduzido ao plenário pela esposa, Adriana, e recebeu a honraria ao lado dos filhos Daniel, Flávio e Ricardo.

Deixe um comentário

Faça login para poder comentar. Login opcional abaixo.

Facebook

Twitter

Boletim Informativo

*Campos Obrigatórios

Instagram