Notícias

Sexta, 13 Dezembro 2019

Saúde implementa políticas públicas para assistência às pessoas em situação de rua e uso abusivo de drogas

Durante o evento, o titular da pasta, Leo Prates, anunciou a ampliação da assistência a esse público para o próximo ano

Com o objetivo de implementar políticas públicas na linha de cuidado às pessoas em situação de rua e com uso abusivo de álcool e outras drogas em Salvador, a Secretaria Municipal da Saúde realizou na tarde desta quinta-feira (12) uma reunião com a presença do médico Antônio Nery Filho.

De acordo com o professor especialista no assunto, a construção de uma rede mais efetiva passa pelo entendimento mais ampliado da administração e profissionais que atuam diretamente na atenção assistencial. “Nosso intuito não é promover o combate às substâncias, mas entender a história de cada indivíduo e os contextos que os levam ao uso abuso. Acredito que dentro desse viés humanizado de acolhimento, vamos construir junto uma rede mais eficaz de cuidado em Salvador”, declarou Nery.

Durante o evento, o titular da pasta, Leo Prates, anunciou a ampliação da assistência a esse público para o próximo ano. Este mês, a SMS lançou uma portaria que determina a implantação da Comissão de Trabalho que definirá as diretrizes e modelo assistencial para criação do projeto Girassóis de Rua.

Um dos principais objetivos da estratégia, proporcionar a expansão de ações de prevenção e tratamento relacionadas ao consumo de álcool e outras drogas, com base em atividades de redução de danos e integrado a outras políticas públicas. Dentre as prioridades, a garantia dos direitos humanos, o combate ao preconceito e estigma, inclusão e reinserção social.

“Recebemos hoje o professor Antônio Nery que tem caminhado lado a lado conosco na construção de um modelo que não tenho dúvida que será referência no acolhimento às pessoas em situação de rua no país. Temos a proposta de abranger ainda mais o vínculo com essas pessoas em vulnerabilidade social para que o poder público possa auxiliar de maneira mais ampla e humanizada essas pessoas”, declarou Leo Prates.

Para o próximo ano, estão previstas a implantação de dois novos Centros de Atenção Psicossocial na capital: um do tipo três com funcionamento ininterrupto (24 horas) e outro especializado na atenção adulto e infantil às pessoas com uso abusivo de álcool e outras drogas. Além disso, a rede municipal da Saúde que assiste as pessoas em situação de rua bases no Centro Histórico, Itapagipe e Brotas, será reformulada com a implantação do Girassóis de Rua e duas novas equipes completas serão incorporadas para atuação no Centro Histórico e em Itapuã.

Deixe um comentário

Faça login para poder comentar. Login opcional abaixo.

Facebook

Twitter

Boletim Informativo

*Campos Obrigatórios

Instagram