Notícias

Terça, 13 Agosto 2019

Secretário de Saúde apoia programa de fornecimento hormonal à comunidade LGBTQI+

Segundo o titular da pasta, a prefeitura já estuda as maneiras de viabilizar o projeto, caso ele seja aprovado

Secretário de Saúde apoia programa de fornecimento hormonal à comunidade LGBTQI+

O vereador Marcos Mendes (PSOL) protocolou nesta segunda-feira (12) um projeto de indicação ao Executivo para oferecer um programa para fornecimento de hormônios nas unidades de saúde de Salvador a pessoas transgêneras, transexuais, travestis e pessoas não binárias que desejam fazer a reposição hormonal. O parlamentar se reuniu na última semana com o secretário municipal de Saúde (SMS), Léo Prates, para apresentar o texto, e recebeu apoio do gestor.

Segundo o titular da pasta, a prefeitura já estuda as maneiras de viabilizar o projeto, caso ele seja aprovado. "Estamos vendo a questão técnica, e depois veremos se há disponibilidade orçamentária”, afirmou Prates, em entrevista ao Bahia Notícias.

De acordo com apuração do Bahia Notícias, o secretário se mostrou contente com a ideia, mas ainda não tem como dar prazo para que a prefeitura conclua os estudos, principalmente por ser recém-chegado à pasta – antes, ele pertencia à Secretaria de Promoção da Igualdade e Combate à Pobreza (Sempre).

De acordo com Mendes, médicos que estudam o âmbito da diversidade foram consultados para que o projeto fosse indicado. “A gente demonstrou que isso é umas demandas da população LGBTQ, principalmente a trans e s não binária, que às vezes deixa de receber essa reposição, ou recebe com uma qualidade muito ruim. Por isso fizemos essa solicitação”, explicou.

Texto: Matheus Caldas/Bahia Notícias

Deixe um comentário

Faça login para poder comentar. Login opcional abaixo.

Facebook

Twitter

Boletim Informativo

*Campos Obrigatórios

Instagram