Notícias

Sexta, 06 Dezembro 2019

Semana Nacional de Combate ao Aedes Aegypti será finalizada nesta sexta-feira (06) com programação especial para crianças em Salvador

As ações contam com as participações de membros do Comitê das Arboviroses, escolas e membros do Distrito Sanitário de Itapagipe, Agentes de Combate ás Endemias, associações de bairro e a comunidade em geral.

Semana Nacional de Combate ao Aedes Aegypti será finalizada nesta sexta-feira (06) com programação especial para crianças em Salvador

A Semana Nacional de Combate ao Aedes aegypti em Salvador, iniciada na última segunda-feira (02), será finalizada nesta sexta-feira (06), dia “D”, com uma série de ações e programação especial para as crianças, realizadas pela Prefeitura, através do Centro de Controle de Zoonoses e do Comitê Interinstitucional das Arboviroses do Município, vinculados à Secretaria Municipal da Saúde (SMS), que visam a prevenção e o combate às quatro doenças causadas pelo mosquito: dengue, zika, chikungunya e febre amarela.

Hoje (05), diversos espaços das religiões de matrizes africana estão passando por inspeções vetoriais. Já amanhã, no dia “D”, as inspeções vetoriais serão realizadas em escolas estaduais e particulares de Salvador, e em outras localidades. Às 09:00, no Largo do Papagaio, na Ribeira, será realizada uma programação vasta e especial, com a apresentação do espetáculo teatral “A jardineira e o mosquito”. Em seguida, acontecerão apresentações interativas com músicas, fantoches e mais apresentações teatrais.

O evento contará ainda com a exposição da “Feira de Zoonoses”; mesa de pintura sobre o Aedes aegypti; orientações com panfletos; mesa de pintura facial; apresentações fantasiadas; palestras; roda de leitura infantil; e mesa de jogos: trilha, damas, pega mosquito e jogo da velha. Na ocasião, o CCZ apresentará os equipamentos Ultrabaixo Volume (UBV): roupas, e maquinários. Serão disponibilizados, através do Distrito Sanitário Itapagipe, stands para aferição de pressão arterial, e serviços de higiene bucal.

“Estamos nos aproximando do período de maior risco que é a estação do verão. Nos meses de janeiro a abril, a estratégia reforçará a necessidade de uma rotina de eliminação de criadouros para aumentar a cobertura do município livre do vetor da dengue, zika e chikugunya. Para tanto, o secretário de saúde, Leo Prates, determinou que fizéssemos uma programação vasta e especial, principalmente para as crianças, pois entendemos que a conscientização é o nosso principal instrumento de combate. Convidamos todos a participarem”, salienta a coordenadora do CCZ, Andrea Salvador.

As ações contam com as participações de membros do Comitê das Arboviroses, escolas e membros do Distrito Sanitário de Itapagipe, Agentes de Combate ás Endemias, associações de bairro e a comunidade em geral.

Deixe um comentário

Faça login para poder comentar. Login opcional abaixo.

Facebook

Twitter

Boletim Informativo

*Campos Obrigatórios

Instagram